26/08/2014

Em debate na Difusora, Flávio Dino afirma que conduziu processo em que Edinho Lobão era réu

A revelação de que Edinho Lobão foi interrogado por Flávio Dino em processo criminal foi o ponto alto do debate realizado ontem (25) na sede da TV Difusora. No terceiro bloco, em embate direto com Edinho Lobão, o ex-juiz federal Flávio Dino trouxe a informação de que conduziu um processo criminal contra o candidato do PMDB, quando este respondia a processo por irregularidades no repasse ao INSS dos impostos recolhidos de seus trabalhadores.


Segundo Dino, Edinho Lobão foi recebido em seu gabinete de juiz para prestar depoimento sobre as irregularidades no repasse da Rádio Curimã ao INSS, que estavam sendo investigadas na década de 1990. “O senhor deve se lembrar de que eu o recebi com muita educação em meu gabinete, quando eu era juiz federal e colhi seu depoimento”, disse. Flávio Dino foi juiz federal por 12 anos.


Com apenas 3 candidatos e perguntas livres, o debate realizado na TV Difusora permitiu que os candidatos tivessem embates diretos. Líder nas pesquisas de intenção de voto, Flávio Dino falou sobre seu Programa de Governo. Com destaque para o Programa “Mais Médicos Estadual”, sobre o qual Flávio Dino fez questão de frisar a instalação da carreira estadual para os médicos que trabalharem no Maranhão.


Outro tema abordado pelo candidato de oposição ao grupo Sarney foi o Programa Água para Todos, que vem se destacando como a principal proposta do candidato e foi tema de um de seus primeiros programas eleitorais.

Edinho Lobão (PMDB) usou o debate realizado em sua emissora para trazer questões que considera importantes para diminuir a diferença de intenção de votos em relação a Flávio Dino. Na pergunta feita ao candidato do PCdoB, Lobão Filho voltou ao tema “comunismo”, postura esta que vem sendo duramente criticada pelos telespectadores.


Sob o ponto de vista das propostas, Edinho Lobão frisou logo no primeiro bloco um de seus programas que seria o “Alô, doutor”, para realização de atendimento médico por telefone. 

A proposta foi criticada por Flávio Dino e Antonio Pedrosa (PSOL), que destacaram que os problemas da saúde pública “não poderiam ser resolvidos por telefone”. Entre outras críticas, Dino afirmou que o programa proposto por Edinho fere o Código de Ética do Conselho Federal de Medicina.


Já Pedrosa utilizou o debate para tratar em especial de questões agrárias e fundiárias, destacando a produção agrícola de pequeno e médio porte.


Negócios com o Governo

Outra crítica feita por Dino ao candidato Edinho Lobão foi o uso de empresas suas para fazer negócios com o Governo do Estado, hoje administrado por Roseana Sarney, sua aliada política.


Outro questionamento feito por Dino foi quanto à posse da TV Difusora, que pertence a Edinho Lobão. Dino questionou a forma como Edinho Lobão adquiriu a TV Difusora. 

“Quando eu for governador, eu não vou usar a minha família para negócios no governo,” completou.

Da assessoria.
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Saiu na Folha de São Paulo: Candidato do PT usa tática ‘mandrake’ para apoiar rival no Maranhão


Um petista insatisfeito com o apoio do partido a Lobão Filho (PMDB), candidato a governador do Maranhão ligado à família Sarney, encontrou uma forma criativa e polêmica de fazer campanha para um rival em pleno horário eleitoral da sigla.

Márcio Jardim disputa uma cadeira de deputado federal pelo PT e é um dos líderes da dissidência que criou um comitê informal no Estado para apoiar Flávio Dino, do PC do B. Dino é adversário de Lobão Filho na eleição para o governo.
Ele decidiu concorrer com o número 1365 — o 13 do PT e o 65 de Flávio Dino. Uma “coincidência” que ele faz questão de enfatizar em suas inserções na TV, nas quais também repete dois slogans da campanha comunista em apenas 25 segundos de texto.


Foto
 Cartaz de Márcio Jardim 1365, deputado federal exibido por um eleitor





“Você quer 1365. Esse é o voto da coerência por um Brasil com mais futuro e um Maranhão de todos nós. Cinquenta anos cansou, a alegria vai chegar. [...] Meu número é 1365. Vou repetir: 1365. Entendeu, né?”, diz Jardim no programa, abrindo bem a boca e exibindo os dentes na hora de falar o “65″.


“O Maranhão é de todos nós” e “Cinquenta anos cansou. Agora, a alegria vai chegar” são frases que Dino vem usando em sua campanha. Evocam as quase cinco décadas de predomínio político da família Sarney no Estado –o hoje senador José Sarney (PMDB-AP) elegeu-se governador do Maranhão em 1965.

Jardim negou ao blog que esteja fazendo campanha velada para Flávio Dino. Sustenta que “Maranhão de todos nós” é uma “expressão universal” e que o tal cinquentenário se refere a outra data histórica.
“Cinquenta anos está fazendo a ditadura militar. O PT orientou que deveríamos fazer disso tema de debate. Não tem nada a ver com a oligarquia Sarney. Entendeu, né?”, disse.


NA JUSTIÇA
A coligação de Lobão Filho entendeu –ou não– e ajuizou uma representação no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) para barrar a inserção de Jardim.

O juiz Ricardo Macieira negou a liminar (decisão provisória) pedida pelo peemedebista. Para o magistrado, Jardim não pediu voto para Dino, e suas críticas no programa “se referem à necessidade de mudança no Maranhão, sem referência à candidatura” do comunista.

“O conteúdo da inserção refere-se à propaganda do próprio candidato a deputado, com informação de seu número (1365), sem elementos que levem a crer em invasão de horário em favor de candidato majoritário”, escreveu Macieira em sua decisão.

O advogado de Lobão Filho, Ruy Villas Boas, afirmou discordar da decisão. Disse esperar ter sucesso quando o caso for analisado pelo plenário do TRE.  “É nítida a propaganda que ele está fazendo, dentro da nossa coligação, para outro candidato”, disse.

Enquanto a corte não chega a uma decisão definitiva, Jardim pretende levar ao horário eleitoral outra “feliz coincidência” que o destino lhe reservou. 

“Vamos gravar em frente à casa onde nasci, em Arari [115 km de São Luís], e o número da casa coincidentemente é 65. Ele estava até gasto, então coloquei um novo para ficar mais bonito na imagem.”



Por DIÓGENES CAMPANHA, da Folha de São Paulo, confira aqui!
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Agenda Flávio 65 e roberto 400 quarta e quinta

Agenda Flávio Dino 65

27 de Agosto - Quarta
8h30min – TUTOIA – Caminhada

10h30min – ARAIOSES – Carreata

15h – BACABAL – Carreata

17h30min – Carreata OLHO D’ÁGUA – VITORINO FREIRE


28 de Agosto – Quinta
8h30min – ALTAMIRA DO MARANHÃO

10h30min – BREJO DE AREIA

16h – PARNARAMA – Carreata

18h – MATÕES

25/08/2014

Campanha Fiscalize O Seu Voto é lançada para evitar fraudes no Maranhão

A Coligação Todos Pelo Maranhão lançou a Campanha Fiscalize o Seu Voto para evitar fraudes nas eleições deste ano no Estado. A campanha convida os eleitores a se tornarem fiscais da votação. Uma página na internet está cadastrando os voluntários. Clique aqui para ver a página e se cadastrar. (http://www.flaviodino65.com.br/fiscalizacao/)

A campanha tem a meta de evitar o uso de fraudes para deturpar as eleições no governo. Nas últimas eleições para governador, em 2010, houve fortes indícios de fraude. Clique aqui para conhecer as três grandes potenciais formas de fraude. (http://www.flaviodino65.com.br/os-indicios-de-fraudes-nas-eleicoes-de-2010-no-maranhao/)
Leia abaixo o texto da campanha convidando todos a participarem:
PRA FAZER VALER A MUDANÇA NO MARANHÃO
Este ano, o povo maranhense tem a oportunidade de libertar-se da oligarquia mais antiga do Brasil. O resultado dos 50 anos de domínio do grupo Sarney é que o Maranhão, um estado de grandes potencialidades econômicas, hoje sofre com os piores índices sociais do país.
Mas para fazer valer essa mudança é fundamental a participação de pessoas como você, que nos ajudem a fiscalizar as eleições, evitando fraudes e o abuso do poder econômico. Somente com sua colaboração poderemos derrotar a oligarquia que comanda o governo do Maranhão há 50 anos.
Enfrentamos adversários poderosos, que têm o poder da máquina, da grande mídia e do dinheiro. Mas nós sabemos que somos milhões, no Maranhão e em todo o Brasil. Precisamos de sua ajuda para fazer valer esse desejo. Junte-se a #TodosPeloMaranhão.
Se você é eleitor no Maranhão, preencha a ficha de cadastro para FISCAL VOLUNTÁRIO (A). Após enviar seus dados, a coordenação de campanha da sua região vai entrar em contato com você informando-o dos próximos passos.

Se você é advogado, residente ou não em nosso estado, preencha a ficha de cadastro para FISCAL ADVOGADO (A). Também entraremos em contato contigo para orientá-lo a como juntar-se a nós.

Rejeição do público a programa gera demissões na equipe de Edinho

A péssima recepção do programa eleitoral de Edinho Lobão entre o público gerou demissões em massa na produtora da campanha do candidato de Sarney. Uma fonte ligada à coordenação de campanha de Edinho informa que diversos produtores e roteiristas foram afastados.

A baixa qualidade do programa ganhou destaque nacional esta semana na Folha de S. Paulo. O jornal ironiza “a narrativa de que sua candidatura seria um desígnio divino”.

“No programa eleitoral, vestindo camisa branca diante de um fundo branco, ele contou ter ouvido do médico que iria morrer durante a operação e que o convite da governadora, logo em seguida, mostrou “que algo maior havia determinado uma condução na minha vida”, segue o jornal. “Eu disse a Deus, deitado na cama: ‘Eu vou governar o Estado do Maranhão e serei um instrumento Seu para mudar a vida das pessoas’”, afirmou Edinho no horário eleitoral.

O destaque negativo ao programa de Edinho na mídia nacional segue a mesma linha da reação dos internautas maranhenses. Mais de 800 citações negativas a Edinho foram postadas na quarta-feira por perfis de Twitter e Facebook, os mais populares do Maranhão. “Procura-se: frase consistente em algum discurso de Lobão Filho”, afirmou a internauta @raizacarvalho. “Sobre o programa eleitoral de Lobão Filho: AHAHAHHAHA”, ironizou @CassiaCurvelo.

Assessoria tenta abafar crise
A reação negativa ao horário eleitoral do candidato governista fez sua assessoria de imprensa distribuir release afirmando que Edinho gostou do programa. “Tive a oportunidade de assistir ao primeiro programa de todos os candidatos e fiquei muito emocionado com nosso programa, porque mostrou um Maranhão diferente, um Maranhão moderno, rico de oportunidades e que, pode, sim, transformar a vida das pessoas”, afirmou Edinho, no texto.

Com Maranhão da Gente, confira aqui! 
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Babilônia em chamas: Do Cláudio Humberto- ‘Lava Jato’ da PF dedica atenção especial ao Maranhão

Polícia Federal
‘Lava Jato’ dedica atenção especial ao Maranhão
‘Lava Jato’ se concentra no Maranhão, onde o doleiro Youssef foi preso.

As investigações da Operação Lava Jato dedicam capítulo especial ao Maranhão, onde há 5 meses foi preso o megadoleiro Alberto Youssef. O monitoramento dos suspeitos permitiu verificar que outro doleiro, Carlos Habib Chater, ao ser preso na Lava Jato, empenhava-se em “internalizar” (trazer do exterior, no jargão do submundo) US$ 5 milhões (R$ 11 milhões) para uma campanha eleitoral majoritária, no Estado.

Foro privilegiado
O destinatário dos US$ 5 milhões, cujo nome é mantido sob sigilo, só será investigado após o Supremo autorizar: é membro do Congresso.

Parceria
A ex-contadora Meire Poza acusou Youssef de pagar propinas a autoridades do governo de Roseana Sarney, e de receber comissões.

UTC na mira
Investiga-se também o esquema para o pagamento de precatórios à Constran UTC Engenharia, também revelado pela ex-contadora.
 
Lorota negada

Roseana Sarney afirmou que cumpria ordem da Justiça local, ao pagar precatórios à Constran, mas o Tribunal de Justiça negou prontamente.

Com medo de atentado, Marina Silva usa sósias na eleição

URGENTE:
Com medo de atentado, Marina Silva usa sósias na eleição http://ln.is/com.br/je22O

Pula-pula pro lado de cá: Prefeito de Duque Bacelar vence ameaças e anuncia apoio a Flávio Dino

 
Prefeito de Duque Bacelar, Flávio Furtado (PSD), declara apoio à candidatura de Flávio Dino.

O candidato Flávio Dino recebeu neste domingo (24) mais um grande apoio em sua caminhada rumo à vitória. O prefeito de Duque Bacelar, Flávio Furtado (PSD), anunciou que está com Flávio Dino e vai se empenhar para elegê-lo no dia 5 de outubro.

A adesão representa uma forte união de esforços em favor da candidatura de Flávio Dino. O anúncio foi feito em São Luís durante ato de Cláudio Furtado, que é irmão do prefeito e candidato a deputado federal.

“Para o Maranhão ter melhores dias, estou contigo, Flávio. Tenho imensa alegria de poder dizer isso hoje”, disse o prefeito de Duque Bacelar. Ele afirmou que sempre esteve ao lado de Flávio Dino e que sofreu represálias e perseguições para não anunciar o apoio, mas não tinha como tomar outra decisão.

“Lá em Duque Bacelar temos o povo, que faz a diferença. E o povo pediu para estarmos com você. E você também tem o povo, que vai fazer a diferença em sua vitória”, afirmou o prefeito a Flávio Dino. “Mesmo com ameaças e perseguições, eu não podia negar o apoio.”

“Estamos juntos pela mudança do Maranhão. Iremos fazer história e ter uma vitória bonita”, acrescentou.

Coragem

Flávio Dino afirmou estar “muito feliz” com o apoio. “Embora você soubesse, eu soubesse, seus amigos soubessem e sua família soubesse que você era 65, que seu coração batia junto com o nosso, agora é hora de o Maranhão inteiro ficar sabendo”, disse o candidato da Coligação Todos Pelo Maranhão.

“O anúncio marca esta eleição. Nós já vínhamos recebendo diariamente importantes apoios. Mas a partir de amanhã, vamos receber ainda mais apoio de lideranças, prefeitos e outras pessoas que vão tomar coragem a partir dessa sua atitude”, acrescentou Flávio Dino.

Cláudio Furtado afirmou que estava certo de que este momento viria. “Sei da história nossa. Era uma causa boa. Hoje é o coroamento do que nós somos, do que pensávamos e que sabíamos que iria acontecer.”

Também presente, o candidato ao Senado Roberto Rocha afirmou que o apoio de Flávio Furtado “nos enche de energia e garra para continuarmos nossa caminhada”.

Da assessoria.
Enviado por Eri Santos Castro.
Compartilhe.

Crise na alcateia: Prefeito Soliney pedirá investigação na gestão de Ricardo Murad

O Prefeito de Coelho Neto pedirá investigação de repasse do dinheiro da Saúde a municípiosSOLINEY 01
O prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (PRTB), irá protocolar nos próximos dias no Ministério da Saúde e na Procuradoria Federal da República, um pedido de investigação sobre o repasse de recursos da Saúde para municípios maranhenses. 

De acordo com o gestor municipal, a distribuição realizada pelo secretário Ricardo Murad (PMDB), através da Secretaria Estadual de Saúde (SES), não está sendo feita de forma adequada e ela exigirá explicações e quais os critérios adotados.

De acordo com Soliney, o município de Coelho Neto que possui 50 mil habitantes e é considerada uma cidade polo, atendendo mais de 100 mil pessoas, recebeu apenas R$1,6 milhão, este recurso sendo dividido em dez meses e o mesmo ainda se encontra atrasado por mais de três meses.

O prefeito ainda contesta a distribuição destes recursos. Segundo Soliney Silva, o município de Santa Quitéria, que possui uma população de 30 mil habitantes e não é considerada cidade polo, foi beneficiada com um valor de R$4 milhões, ou seja, mais de duas vezes o recurso disponibilizado para Coelho Neto.

“A saúde do nosso município é estruturada com um hospital, maternidade e um centro de imagem, que oferece um gama enorme de exames e procedimentos que muitos interiores menores não fazem e recebem mais recursos que o nosso. Por isso estou adotando esta medida, para que possamos entender quais são os critérios e utilizados”, informou o prefeito.

Soliney Silva diz não entender a postura adotada por Ricardo Murad, que não atende mais as ligações e nem os pedidos de reunião que são solicitadas. “Sou um aliado de primeira hora do governo estadual, mas estou sofrendo esse tipo de discriminação por parte do secretário da Saúde”, completou.

Segundo informações repassadas pela administração de Coelho Neto, apenas duas parcelas foram pagas até o momento do valor acordado para custeio da saúde no município. Diante da situação, o procurador do município está ingressando nos próximos dias com uma representação do Ministério da Saúde e Procuradoria Federal da República.

Do Blog do Ludwig.
Enviado por  Eri Santos Castro.
Compartilhe.

24/08/2014

Nova versão Pinóquios do Maranhão, o filme

A casa caiu, a festa acabou
Nova versão Pinóquios do Maranhão, o filme.
 
Reproduzir o vídeo

O maior evento de campanha destas eleições: Mais de 20 mil pessoas acompanham Flávio 65 e Roberto 400 em caminhada e carreata em Coroatá. A cidade literalmente pára

Coroatá parou ontem (23) pra ver Flávio 65, Roberto 400 e dezenas de candidatos proporcionais, entre eles Márcio Jardim 1365. Mais de vinte mil pessoas acompanharam Flávio 65 e Roberto 400 pelas ruas da cidade. O maior evento de campanha destas eleições!

Márcio Jardim vai ganhando terreno. Destaque em Coroatá!

Só no Maranhão, a Galápagos do Brasil

A esposa do candidato a governador pelo PMDB, Paula Lobão, publica na internet uma foto portando um singelo cartaz em homenagem a "Guerreiro, o desembargador do Povo". Trata-se do desembargador Antonio Guerreiro Jr, corregedor e vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral. 

Este, por sua vez, cuja esposa foi candidata a prefeita no interior, pelo PSL, atualmente coligado ao PMDB de Lobão, publica uma nota dizendo-se indignado com a homenagem, que seria "armação primária daqueles que pretendem com essa prática ardilosa inibir-me na condução rigorosa do processo eleitoral de 2014.".
 

Sua "indignação" não é suficiente para ele anunciar queixa-crime ou abertura de processo contra os que o homenagearam de maneira "ardilosa". Tampouco foi suficiente para se considerar impedido de ocupar o cargo na mais alta corte eleitoral do Estado.
E fica por isso mesmo...Quousque tandem abutere patientia nostra?

Babilônia em chamas: Crise na Alcateia- Lobos graúdos brigam e Arnaldo Melo é impedido de participar de comício em Nunes Freire


Falei ainda há pouco com o atual presidente da Assembleia Legislativa e candidato a vice-governador Arnaldo Melo sobre o seu impedimento de participar do Comício de Edinho Sarney, ontem (23), à noite, em Governador Nunes Freire. Ele falou-me que nunca fora tão humilhado e constrangido em toda a sua vida. Foi o candidato a deputado estadual Josemar de Maranhãozinho o encarregado de não permitir que Arnaldo Melo subisse ao palanque. 

Apesar das tratativas com o candidato a governador Edinho, Arnaldo foi proibido mesmo de participar do comício, na referida cidade.

O presidente da Assembleia está muito chateado. Ele vai concentrar forças na eleição de sua filha Nina Melo pra deputada estadual.  Ou poderia ser diferente?

Edinho Sarney perde mais uma, agora pra Márcio Jardim. Justiça nega liminar para candidato da oligarquia



O juiz federal Ricardo Macieira negou a liminar na tresloucada ação de Lobinho (Pra Frente MA) contra a coligação deles mesmos (Pra Seguir em Frente com Muito Mais Mudança - a coligação do PT pra Federal) e contra a coligação Todos Pelo Maranhão, por conta do programa de Marcio Jardim.
 

marcio-jardim
"Observo, a propósito, que as críticas se referem à necessidade de mudança no Maranhão, sem referência à candidatura, ao número e sem pedido de voto para o candidato Flávio Dino, como pretende fazer crer a coligação representante, ou seja, o conteúdo da inserção refere-se à propaganda do próprio candidato a deputado com informação de seu número (1365), sem elementos que levem a crer em invasão de horário em favor de candidato majoritário" assinala o juiz federal Ricardo Macieira.

As ondas do mar de Aïvazovski

Os pintores russos me fascinam! Recentemente descobri mais um: Ivan Aïvazovski, autor da maravilhosa pintura "A nona onda".